Finge a Dor

FINGE A DOR

O poeta sua dor não sente.

Seu amor não é como fonte de mel.

Ao tecer seus versos, da saudade mente.

E sua lágrima é falsa tinta que escorre no papel.

Inventivo, joga com palavras, atira sentimentos ao léu.

Constrói sonhos, vive a brincar na terra com o que Deus uniu no céu.

Autor da poesia “Finge a Dor” – José Maria Cavalcanti – que é um poeta “fingidor”, escritor, professor de Língua Portuguesa (consulte o  meu Tira-Dúvidas). Fez versos sem se preocupar com a forma e tem um livro pronto para lançar: Dança dos Cavalos; atualmente está escrevendo Linda para Sempre. No seu registro de nascimento, consta que ele tem 50 anos, mas os amigos garantem que não aparenta. Talvez esta foto abaixo fale um pouco mais do autor do Bollog – um boletim de notícias, com dicas e curiosidades e as preferências deste autor sobre cultura e entretenimento.

Além de gostar de viajar para conhecer as belezas encantadoras do Brasil, ele também é um apaixonado por xadrez e damas, além de ter jogado bola por toda infância e na vida adulta. O que hoje não é mais possível, pois os joelhos requisitaram uma parada técnica, mas a paixão continua agora pela telinha.

Deixe um COMENTÁRIO !

Clique aqui:  https://bollog.wordpress.com/2010/10/30/finge-a-dor/#comments

 

Anúncios