SAUDADE

SAUDADE

Como poeta, confesso que este é o mais intenso sentimento que move a pena do artista que, por ser muito sensível, sofre imensamente com as perdas, suas duras penas.

Outros idiomas não possuem este termo, exatamente da maneira como nós o traduzimos. Ele nasce sempre de algo que perdemos ou da  ausência querida.

Como dizia Bob Marley: quando ela não cabe no coração, escorre pelos olhos.

Os poetas tentam a definição perfeita.

Mário Quintana e o efeito hipnótico da saudade:

O tempo não para! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo…

Pablo Neruda disse que a saudade congela você no tempo:

Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um

presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida…

Carlos Drummond abordou o aspecto da dor:

Também temos saudade do que não existiu, e dói bastante.

O poeta Rubens Alves nos falou do desejo que ela sente:

A saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar.

O poeta Peninha compôs com resignação:

Saudade é melhor do que caminhar vazio.

Outros letristas, Heleno de Paula e Chocolate, compuseram:

Saudade, torrente de paixão, emoção diferente, que aniquila a vida da gente, uma dor que não sei de onde vem.

Clarice Lispector buscando a tradução perfeita:

Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para a unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

Guimarães Rosa foi profundo:

Saudade é ser, depois de ter.

E o que disse nosso eterno Rei do Rock Raul Seixas:

Saudade é um parafuso que quando a rosca sai depois só entra se for torcendo porque batendo não vai e quando enferruja dentro nem distorcendo não sai.

O poeta Antônio Marinho, de São José do Egito, disse um dia:

Quem quiser plantar saudade/Escalde bem a semente

Plante num lugar bem seco/Quando o sol tiver bem quente

Pois se plantar no molhado/ Ela cresce e mata a gente.

Anúncios