Ela muda tudo!

VÍRGULA – ESTA É OBRIGATÓRIA!

Exemplos:

Maria morreu cedo, e João tomou rumo.

O sol já estava fraco, e a tarde se fazia fresquinha.

A mãe trabalho pesado, e os filhos devoram os livros.

Nestes casos, contrariamente ao que aprendemos, antes do “e” deve ser colocada a vírgula.

A explicação é simples para os três exemplos: a segunda frase, iniciada pelo “e”, fala de uma ação praticada por um agente diferente da primeira.

Então, quando temos orações ligadas por “e”, cujos sujeitos são diferentes, coloca-se a vírgula, obrigatoriamente.

Isto se dá para esclarecer e alertar o leitor sobre a mudança do agente da ação, evitando-se confusão na leitura textual.

Veja o curioso vídeo sobre o emprego da vírgula!

Professor José Maria Cavalcanti

Anúncios