Ana Carolina

Esta linda música já foi cantada por vários nomes famosos da MPB, mas ficou muito show na voz de Alex Cohen.

QUEM DE NÓS DOIS

A badaladíssima mineira Ana Carolina um dia “surgiu como um clarão, feito um raio cortando a escuridão”, iluminando nossas vidas com sua performance de palco. Ela veio como um presente de surpresa para todos nós nesse deserto de boas vozes femininas e na secura de boas músicas.

Embora esta música seja uma versão de uma canção italiana, Ana Carolina já demonstrou seu talento com letras incríveis: “O amor em seu carvão foi me queimando em brasa no colchão e me partiu em tantas pelo chão…”. Esta é uma pequena amostra da sua veia poética.

Depois dela, outras talentosas pegaram carona e tivemos mais recente o privilégio de ver surgir uma menina, Maria Gadu, com um timbre de voz agradabilíssimo, que veio também para ficar, principalmente porque foi reverenciada por nada mais nada menos que Caetano Veloso.

Eu e você

Esta linda letra fala de uma relação a dois que está sofrendo um cheque, como todos os envolvimentos que, de tempo em tempo, necessitam de uma repaginada e às vezes de reavaliação.


Não é assim tão complicado

Às vezes buscamos o inexistente e complicamos o descomplicado.


Não é difícil perceber…

Tudo é tão simples que parece impalpável, não perceptível.

Quem de nós dois
Vai dizer que é impossível
O amor acontecer…

Quando ambos são tocados pelo amor, não se deve ficar racionalizando pequenas coisinhas e sim apenas curtir o que há de melhor, pois o sentimento mais forte que move um casal já existe e não é mais um possibilidade, é só deixar acontecer.

Se eu disser
Que já nem sinto nada
Que a estrada sem você
É mais segura

Sinceridade é a linguagem do amor. Dizer que não sente nada só para fazer joguinho não funciona. Cada um deve se despir dos subterfúgios e, olho no olho, derrramar tudo que se sente.


Eu sei você vai rir da minha cara
Eu já conheço o teu sorriso
Leio o teu olhar

Quando se ama verdadeiramente, a pessoa se torna transparente para a outra. Não se pode esconder nada, tudo fica expresso no seu rosto, como uma imagem retratada no espelho.


Teu sorriso é só disfarce
O que eu já nem preciso…

Sinto dizer que amo mesmo
Tá ruim prá disfarçar

O real não permite máscara. Mesmo que se tente, é impossível dissimular um sentimento verdadeiro.


Entre nós dois
Não cabe mais nenhum segredo

Quando há amor, passa a existir uma fusão de corpos, de mentes e não há espaço para segredos.


Além do que já combinamos

No vão das coisas que a gente disse

Muita coisa fica nas entrelinhas das palavras e é compreendida facilmente, até mesmo um simples olhar tem uma tradução imensa.


Não cabe mais sermos somente amigos

Amor e amizade são grandes sentimentos humanos, mas não dá para ser os dois ao mesmo tempo.


E quando eu falo que eu já nem quero
A frase fica pelo avesso
Meio na contramão

Não devemos desdizer o que manda o coração, senão a vida vira do avesso e o fluxo do nosso caminho se transforma numa grande contramão, realmente.


E quando finjo que esqueço
Eu não esqueci nada…

Negar o que se sente é talvez a coisa mais difícil a se fazer.

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais

Parece incrível, mas não conseguimos fugir de nós mesmos.


E te perder de vista assim é ruim demais

Quando se ama, o desejo é de estar sempre junto, pertinho dos olhos.


E é por isso que atravesso o teu futuro

E faço das lembranças um lugar seguro…

Rememorar os melhores momentos da relação dá segurança e certeza do que se sente. Baseado em certeza é que se busca consolidar aquilo que se almeja ao lado da pessoa amada, procurando eternizar tudo no futuro.


Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida

Gostoso é quando se descobre que existe reciprocidade de sentimento, mas quando a coisa é unilateral, a gente se pega se debatendo, tentando fugir para não sofrer depois e sair muito mal de um sonho vivido só por um dos lados.

Eu procurei qualquer desculpa pra não te encarar
Pra não dizer de novo e sempre a mesma coisa
Falar só por falar

Desculpas não vão adiantar sua vida quando elas representam apenas formas de fugas.


Que eu já não tô nem aí pra essa conversa
Que a história de nós dois não me interessa…
Se eu tento esconder meias-verdades

No amor, tudo é por inteiro. Não adiante meias-verdades, falar só por falar, repetições sem nexo.


Você conhece o meu sorriso
Lê o meu olhar
Meu sorriso é só disfarce
O que eu já nem preciso…

Não dá prá disfarçar quando o que se sente está explícito, transparente. Mascarar o sentimento por meio de um falso sorriso é duro demais.

Aquilo que sentimos fica expresso em nosso rosto, no brilho de nosso olhar, no tom da nossa voz, enfim, todo o corpo fala e traduz nossas emoções, que dão voz ao coração.

Autor: José Maria Cavalcanti

Anúncios