Infinitivo


INFINITIVO FLEXIONADO


DÚVIDAS CONSTANTES:

É melhor VIR (infinitivo simples) todos ao banquete.

É melhor VIREM (infinitivo flexionado) todos ao banquete.

Convém IR ou IRMOS ao jogo.

É a vez de eles COMPRAR (infinitivo simples) ou COMPRAREM (infinitivo flexionado) os mantimentos do mês.

Caso 1

Quando o sujeito estiver expresso, o infinitivo concorda com ele. Exemplos:

– É melhor nós irmos logo para garantir os lugares.

– Seria bom eles irem mais cedo para não perder o trem.

– É a vez de eles ganharem a partida, se não não voltam mais.

Caso 2

Quando se refere a um sujeito não expresso que se quer dar a conhecer pela desinência verbal. Exemplos:

– Saíram com a certeza de ALUGAREM o terreno para a nova montadora (aqui o sujeito que foi dado a conhecer é a terceira pessoa do plural eles).

– Saíram com a certeza de ALUGARMOS o terreno para a nova montadora (no segundo caso, o sujeito a ser conhecido é a primeira pessoa do plural nós).

Caso 3

Não é obrigatório quando o sujeito do infinitivo é o mesmo da oração principal. Exemplos:

Aprontaram todas somente para irritar a mãe.

Estudaram as leis com o intuito de defender o réu.

– A palavra é a única arma que temos para defender nossa honra.

Caso 4

Nestes exemplos abaixo, percebemos a diferença quando os sujeitos das orações são distintos:

Levou as armas aos gladiadores para defenderem a cidade.

– A mulher trouxe pão e água para os pedintes no intuito de saciarem a fome e a sede.

Comprou as sementes para os agricultores providenciarem a semeadura.

Caso 5

Quando entre o sujeito e o infinitivo houver a preposição, então pode-se usar ou não o verbo flexionado no plural. Exemplos:

– Os relatórios foram impressos para guiar/guiarem as reuniões da diretoria.

– Elas trabalhavam sem cobrar/cobrarem nenhum tostão.

– Todos poupavam para se proteger/protegerem da inflação.

Caso 6

Se o complemento do verbo for um substantivo, a flexão é optativa, mas, diante de um pronome oblíquo, ela é proibida.

– Observou os gatos pular/pularem o muro (Observou-os pular o muro).

– O motorista mandou os passageiros sair/saírem. (O motorista os mandou sair).

– Escutou os pássaros ficar/ficarem quietos. (Escutou-os ficar quietos).

Professor: José Maria Cavalcanti

Para COMENTÁRIOS sobre esta dica, clique aqui:https://bollog.wordpress.com/2011/07/14/infinitivo/#comments

Anúncios