Cinema

CHARLES CHAPLIN

Charles Chaplin protagonizou o mais emocionante e inesquecível momento da história do Oscar. Após passar 20 anos em um exílio forçado pelo país que o acolheu e lhe deu fama, o artista voltou aos Estados Unidos como um herói. Ele foi escolhido pela Academia para receber o seu segundo prêmio honorário e foi prestigiado com o mais longo aplauso da história do Oscar, com mais de cinco minutos. O vídeo, que você confere abaixo, já fez muita gente chorar nos últimos anos. (veja o vídeo)

MARTIN SCORSESE

O consagrado diretor Martin Scorsese sempre esteve entre os grandes nomes do cinema, entretanto nunca havia levado para casa um Oscar – pelo menos até 2007. Premiado pelo filme Os Infiltrados, a Academia fez questão de reparar a injustiça ao entregar para Scorsese a estatueta de Melhor Diretor, uma das mais importantes categorias. A cerimônia, evidentemente, foi emocionante e a célebre frase “e o Oscar vai para…” foi compartilhada por Steven Spielberg, George Lucas e Francis Ford Coppola. Nada mais justo (veja o vídeo).

Com A Invenção de Hugo Cabret, Scorsese chegou com 11 indicações ao Oscar 2012, mas somente levou cinco estatuetas, e não eram as principais. O filme o Artista, de origem francesa levou a melhor. Não era para menos, os prêmios de melhor filme, melhor direção e melhor artista ficaram em boas mãos, pois é outra obra de arte impecável em preto e branco. Uma homenagem ao cinema mudo, do qual Charles Chaplin foi a maior estrela.

Se você gostou do post, deixe seu COMENTÁRIO!

Clique aqui:  https://bollog.wordpress.com/2012/03/22/cinema/#comments

Anúncios