Agradecimentos

SABER AGRADECER É TUDO DE BOM!

É comum se escutar “fui agradecê-lo…” ou “agradeci pelo convite”. Embora seja de uso corriqueiro, tais expressões estão incorretas, pois o verbo AGRADECER exige duplo complemento: um transito direto (o que você agradece) e outro indireto (a quem você vai agradecer).

Exemplo:

Agradeço-lhe o convite, isto é, agradeço a ele (complemento indireto)  o convite  (complemento direto).

Observação: o verbo AGRADECER é semelhante ao verbo INFORMAR.

Veja bem, quem informa, informa alguma coisa (objeto direto) a alguém (objeto indireto).

Exemplo:

A professora informou a reunião (objeto direto)  aos pais do aluno (objeto indireto).

A professora informou eles da reunião (ERRO TERRÍVEL!)

Também o verbo PAGAR exige dois complementos.

Exemplo:

O bom moço pagou sua conta (objeto direto) ao comerciante (objeto indireto) da farmácia.

São maneiras incorretas de falar

Exemplos:

1 – Eu informei ele sobre os acontecimentos (ERRADO)

O correto é:

Eu lhe informei os acontecimentos.

2 – Eu paguei ele pelo que devia (ERRADO).

O correto é:

Eu lhe paguei o que devia.

Se você gostou do post, deixe seu COMENTÁRIO.

Clique aqui:  https://bollog.wordpress.com/2012/05/03/agradecimentos/#comments

Anúncios