Você Sabia …

O NASCER DA PÉROLA

Caso você não saiba, há dois modos de se obter a pérola, o natural e o artificial.

O modo natural se dá da seguinte maneira. Primeiramente, um corpo estranho, por exemplo – um grão de areia, invade o interior da ostra. No instinto de se proteger contra aquele invasor, o corpo do molusco produz uma substância, o nácar, que recobre toda a superfície do objeto pontiagudo que passou a incomodá-la. Como o sofrimento é constante, ela não para de produzir, camadas e mais camadas da madrepérola. Depois de longo e doloroso processo, o corpo estranho ganha o formato de uma pérola, como a conhecemos.

Após estudos e muita observação, o homem começou a provocar artificialmente a produção em larga escala dessa pedra preciosa.

Hoje muitos países criam as ostras com o propósito específico da comercialização do produto.

A cor da pérola irá depender da saúde da ostra, mas sabemos que as pérolas de água doce têm um brilho mais intenso e costumam ter uma tonalidade mais escura que as de água salgada, além de o preço ser menor.

Dentre os maiores produtores mundiais, a China lidera e comercializa toneladas do produto, tanto de qualidade alta, média e inferior.

O mercado mundial do setor gira em torno de U$3 a U$4 bilhões ao ano.

Anúncios