PLEONASMO OU REDUNDÂNCIA

imagesCAMJWX2Z

DÚVIDAS DA LÍNGUA PORTUGUESA

Quando um poeta ou um escritor usa repetir certa palavra ou expressão,  o intento é puramente literário, no sentido de enfatizar uma determinada ideia. A isto chamamos de pleonasmo (que se dá na escrita) e não redundância, que tem a ver com a fala.

Exemplos de Pleonasmo literário:

“Chovia uma triste chuva de resignação” – Manuel Bandeira;

“Sorriu um sorriso marcado de pavor” – Viana Moog;

“Foi o que vi com meus próprios olhos” – Antônio Calado;

“E rir meu riso e derramar meu pranto” – Vinícius de Moraes; e

“Ó mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal?” – Fernando Pessoa;

“Detalhes tão pequenos de nós dois” – Roberto Carlos.

Quando escrevemos certos vícios de linguagem, comuns da fala redundante, estamos cometendo um erro.

Exemplo de Pleonasmo vicioso:

Aquele item era o elo de ligação com o crime (a palavra “elo” já diz que é uma ligação);

Ganhe grátis a instalação do equipamento de som do seu carro (“grátis” já significa um ganho sem custos);

Há dias atrás, comprou uma bicicleta para meu filho (o verbo “haver” já indica passado, não havendo necessidade de enfatizá-lo com o termo “atrás”);

Previu de antemão toda a tragédia (“prever” é algo de se faz antes, de antemão);

Minha autobiografia está completa (“autobiografia” dispensa o “minha”, pois quer dizer história da “minha” vida);

Todos foram unânimes nas críticas ao artigo publicado (“unânime” já quer dizer “todos”);

A prefeitura municipal trabalha por você (não existe prefeitura estadual ou federal, ela está afeta ao município);

Eles devem comparecer pessoalmente na recepção do fórum (“comparecer” já indica que é de corpo presente);

Você deve repetir novamente o procedimento previsto (“repetir” significa tornar a fazer, sendo desnecessário escrever “de novo”);

Tenha a certeza absoluta de estar fazendo a coisa certa (não existe “certeza” relativa, ela é sempre absoluta); e

Na conclusão final dos trabalhos, fez tudo com precisão (“conclusão” já indica final).

Professor José Maria Cavalcanti

Anúncios