Arquivo da Categoria: Conto

Lindo Pôr do Sol

  REDONDO E ALARANJADO Não sei se você já parou para reparar que quase tudo que é gostoso, importante e lindo tem a forma arredondada. Vou começar com o saboroso bolo da minha… Continuar lendo

Investigando Naldinho

SERÁ QUE NALDINHO TEM OUTRA? Aquele dia tinha tudo para ser lindo. O céu estava limpo com um azul radiante e não estava tão quente naquele período da meia-estação. Abril era sempre de… Continuar lendo

Traumas de Infância

O MUNDO PELA JANELA Minha vida se resumia ali, naquele pequeno espaço, que era sala e cozinha ao mesmo tempo. Havia apenas um pequeno quarto e um banheirinho, que abrigava nosso varal de… Continuar lendo

LEMBRANÇAS DE UMA CHEGADA

A CASA Nº 50 Depois de morar em seis pequenas localidades potiguares, finalmente íamos alcançar a tão sonhada capital, a cidade do sol – Natal. Seguíamos não só ao encontro de belas praias,… Continuar lendo

TRISTE DESPEDIDA

Não é fácil partir quando se vai para tão longe, principalmente quando a pessoa de quem você se despede é sua querida mãe.  Era o ano de 1979, e eu contava já dezoito… Continuar lendo

O Xadrez das Meninas

FLAGRA NO XADREZ Depois de desgastante reunião com os técnicos de todas as modalidades esportivas da cidade de Campineiras, Inácio, um dos diretores da secretaria de esporte da prefeitura, falou: – Naldinho, o… Continuar lendo

RITUAL DA CHUVA

A FESTA DA CHUVA Quando o céu se encapelou, envolvendo o azul que enchia pouco antes o horizonte, foi se fazendo noite, bem mais cedo que o costume. De repente, aquele breu tomou… Continuar lendo

HISTÓRIA DE XADREZ

XADREZ CURA TUDO Veroca chegava ao hall, toda esfuziante e espalhafatosa, exibindo-se logo que sentia qualquer barulho de aproximação de gente. Ela era quase uma sessentona, mas que não se dava conta do… Continuar lendo

À ESPERA DAQUELE ABRAÇO

A ÚLTIMA DESPEDIDA O carro parou diante da grande árvore onde ele costumava brincar depois que chegava das suas andanças no mato, quando ajudava sua mãe a colher lenha para o velho fogão… Continuar lendo

NOITE FELIZ!

CENA DO NATAL Cheguei à cidadela e procurei os amigos que há muito não via, mas me dei conta, enfim, que não estavam em casa, embora fosse noite alta. Tudo parecia tão vazio,… Continuar lendo