Arquivo da Categoria: Poesia

Cordel Cultural

O CORDEL “Nas naus colonizadoras, com os lavradores, os artífices, a gente do povo, veio naturalmente a tradição do Romanceiro, que se fixaria no Nordeste do Brasil, como literatura de cordel.” (Câmara Cascudo,… Continuar lendo

Brasil – 7 de Setembro

COR BR Verde na manga Rosto e fachada De cara pintada Cor de Ipiranga                          O grito no muro                          Agito é tamanho                        Exibem o sonho                        Na luz do futuro Viver… Continuar lendo

Poesia

VELA no velejar de forte vento lá se foi pescar céu um breu sem luz  o coração num tormento e a alma agarrada em uma cruz na fúria doce, qual um mar a vela… Continuar lendo

Festa Junina – São João

AMOR DE FOGUEIRA moça fagueira toda assanhada deusa encantada na luz da fogueira o meu rosto a fitar com outra intenção meu coração a disparar ao me dar sua doce mão na noite linda… Continuar lendo

Inventor do Avião

SANTOS DUMONT DENTRO DE SUA NACELE FEZ DECOLAR SEU 14-BIS NA PISTA DE BAGATELLE PELA CIDADE LUZ, PARIS                       EM GRANDE PRETENSÃO                      VOOU DO CHÃO PRO CÉU                      CAUSANDO ADMIRAÇÃO                     ATRÁS… Continuar lendo

Namorados

AMOR DE MENINO Um olhar e um só olhar Daquela menina-mulher Meu coração a disparar Será que bem me quer? Rouba todo meu pensar Como bobo me fascino Primeiro amor-menino Que feitiço há… Continuar lendo

São João

SÃO JOÃO NA ROÇA Na roça só é São João Com bandeirinhas e balão E as labaredas de uma fogueira Com o céu riscado de estrelas e rojão Um arraiá com gente dançando faceira O… Continuar lendo

Lavadeiras de Rio

LAVADEIRAS Agachadas no beiral Lavam ao sol ou relento E roupas voam no varal Como pipas ao vento Na água bolas de sabão Panos na pedra a quarar Dor e bolhas na mão… Continuar lendo

Felicidade

FELICIDADE Se pudesse… Eu a congelaria para apreciá-la qual sorvete a qualquer tempo Eu a prenderia com grilhões para tê-la sempre atada a meu cantinho Eu a cortaria em pedaços infinitesimais para saboreá-los… Continuar lendo

Sacrifício Único

JESUS – CORDEIRO DE DEUS DO LÁBIO DE UM ESCOLHIDO VEIO O BEIJO PARA TRAIÇÃO COM ELA PRISÃO E CASTIGO QUE DESAMOR INGRATIDÃO EM MEIO A TANTA MALDADE SOFREU O CORPO IMOLADO PRA… Continuar lendo