Arquivo de Tag: Especial

Marambaia

SALVO PELO LADRÃO Durante minhas vivências na Ilha da Marambaia, ocorridas entre março de 1966 a dezembro de 1969, guardo com carinho uma muito especial. Recordo que, aos catorze anos, eu já era… Continuar lendo

Batida de Coração

BATIDA DO CORAÇÃO Na caixinha o som A bailarina a rodar Na boca o bombom Com seu doce amar 00 Música que faz feliz E todo o corpo ferve Seu ser sem diretriz… Continuar lendo

Conto de Páscoa

CONTO DA PÁSCOA Na véspera do Domingo de Páscoa, Ester estava ansiosa para receber seu ovo e não estava disposta a aguardar o dia seguinte. Vovó Tita, por sua vez, já havia escondido… Continuar lendo

A RITA

A RITA Chico Buarque Disco Com Amor Com Afeto – 1980 A Rita levou meu sorriso No sorriso dela Meu assunto Levou junto com ela O que me é de direito E Arrancou-me… Continuar lendo

Vinícius de Moraes – 100 Anos

100 VINÍCIUS SEM TARDE EM ITAPUÃ Vinícius de Moraes e Toquinho   Um velho calção de banho O dia pra vadiar Um mar que não tem tamanho E um arco-íris no ar Depois… Continuar lendo

Natal de Contos

JUNTOS PARA SEMPRE Era noite sem lua, e os cães uivavam de forma ensurdecedora, talvez pressentindo algo de ruim. Entre as tumbas do velho e assustador Cemitério das Rocas, algo se movia. A… Continuar lendo

Nando Reis

DIA DOS NAMORADOS Pra Você Guardei O Amor Nando Reis Pra você guardei o amor Que nunca soube dar O amor que tive e vi sem me deixar Sentir sem conseguir provar Sem… Continuar lendo

Minha História – 50 anos!

MÃES DE CORAÇÃO Além da minha querida mãe, tive o privilégio de ser cuidada por outros seres maravilhosos, que guardo também no meu coração com muito carinho. Para falar sobre cada um deles,… Continuar lendo

Robin Hood

ROBIN HOOD TUPINIQUIM Na Vila Bela, em 7/7/1897, nasceu de Maria e José, o pequeno Lino. Cresceu vendo pobreza de uma gente sofrida. Era um lugar quase sem lei, sem notícias ou esperanças.… Continuar lendo

Vídeo de História

Os Fantásticos Livros Voadores – Morris Lessmore (curta animado) Procurei uma pequena cidade, numa manhã de domingo, para seguir escrevendo meu livro. Nem a buzina da bicicleta do jovem que pedalava incessantemente no quarteirão… Continuar lendo