Arquivo de Tag: mundo

Manoel de Barros

    O APANHADOR DE DESPERDÍCIOS Uso a palavra para compor meus silêncios. Não gosto das palavras fatigadas de informar. Dou mais respeito às que vivem de barriga no chão tipo água, pedra,… Continuar lendo

Naldinho e Lurdinha

        O PODER DA DAMA   A praça passou a ser um local prazeroso para a prática do xadrez nos fins de semana com os amigos. Além de se exercitar,… Continuar lendo

Yes, Virgínia – Vídeo

Este vídeo lindo reporta um mundo de faz de conta, cheio de fantasias. Acho mesmo que a ideia é nos devolver a infância perdida, levar-nos de volta no tempo, independente de você crer… Continuar lendo

Bem-me-quer

BEM-ME-QUER OU MALMEQUER? Parecia que todas as dúvidas do mundo de pronto povoaram sua cabeça. E aquela ansiedade desmedida devorava tudo lá por dentro. Roubava-lhe o sossego, vindo a pôr descompasso no seu… Continuar lendo

Balão Mágico

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS SÚPER FANTÁSTICO Turma do Balão Mágico Súper fantástico amigo Que bom estar contigo No nosso balão! Vamos voar novamente Cantar alegremente Mais uma canção Tantas crianças já sabem Que… Continuar lendo

Gilberto Gil

Gilberto Gil O AMOR É GRÃO SEMENTE DE ILUSÃO DRÃO Drão! O amor da gente É como um grão Uma semente de ilusão Tem que morrer pra germinar Plantar nalgum lugar Ressuscitar no… Continuar lendo

Colturi – Coco

DE CARONA COM FANGIO Com apenas 12 anos, eu não desconfiava que aquele dia iria ficar pra sempre registrado na minha lembrança. Por isso, talvez, venha daí a minha paixão por carros. Era… Continuar lendo

Dominguinhos

DE VOLTA PRO ACONCHEGO Elba Ramalho canta Dominguinhos Estou de volta pro meu aconchego Trazendo na mala bastante saudade Querendo um sorriso sincero Um abraço para aliviar meu cansaço E toda essa minha… Continuar lendo

Flor Bela Espanca

Flor Bela de Alma Espanca, poetisa portuguesa, nasceu na Vila Viçosa. Viveu 36 anos e soube transformar seus sofridos sentimentos íntimos em poesia de rara qualidade. Escreveu muitos versos poéticos e contos. Fernando… Continuar lendo

Vinícius de Moraes – 100 Anos

100 VINÍCIUS SEM TARDE EM ITAPUÃ Vinícius de Moraes e Toquinho   Um velho calção de banho O dia pra vadiar Um mar que não tem tamanho E um arco-íris no ar Depois… Continuar lendo